Este é um subsite da Blogolândia do Espaço Internético. Explore este espaço!

Algumas Narizinhos depois do Sítio...

ROSANA GARCIA
Depois do Sítio:

- Em abril de 1981, Rosana voltava a aparecer na tela da Globo, mais uma vez ao lado de Júlio César (ex-Pedrinho), na novela das 19 horas “O Amor é Nosso”. Ela interpretava a jovem Loreta (foto ao lado), filha de Gilda (Tônia Carreiro) e irmã de Silvinho (Júlio César). Sua irmã, a atriz Isabela Garcia também estava no elenco.

- Em 1982, Rosana estreou no cinema no filme “Os três palhaços e o menino”, vivendo a personagem Suzan.

- Em junho de 1983 Rosana participou da série do Sítio “Califa por um dia” como uma das dançarinas do Califa (em 1982, na série “Reinações de Narizinho”, Júlio César também havia voltado ao Sítio como o Príncipe Escamado II).

- Em setembro de 1984 Rosana foi a apresentadora do “Caso Verdade” que contava a história da poetiza brasileira Cora Coralina.

- Em 1985/1986 Rosana participou de um quadro do programa “Chico Anysio Show”.

- Em 1987 Rosana trabalhou na novela de época “Direito de Amar” das 18 horas (protagonizada por Glória Pires e Lauro Corona), interpretando a jovem Marisé (foto ao lado), uma das quatro sobrinhas do padre (Cazarré). As outras sobrinhas eram interpretadas pelas atrizes Priscila Camargo, Luíza Thirré e Narjara Tureta.

- Em 1989/1990 Rosana interpretou a personagem Lucinha (foto colorida, abaixo, a direita) na novela das 18 horas “O Sexo dos Anjos” (na verdade um remake da novela “O Terceiro Pecado” da extinta TV Excelsior), protagonizada por sua irmã mais nova Isabela Garcia e por Felipe Camargo.



- Rosana fez alguns trabalhos no teatro nos anos 90.

- Em 1998, Rosana voltou ao cinema como Mônica, uma das protagonistas do filme “Como ser solteiro” ao lado de Cássia Linhares, Marcos Palmeira, Heitor Martinez Mello e Ernesto Picollo.




Desde a novela “Estrela Guia” de 2001, Rosana treina atores mirins da Rede Globo e desde então, praticamente não tem trabalhado como atriz. Mas de vez em quando aparece fazendo alguma pequena participação nas novelas da Globo.

DANIELE RODRIGUES
Depois do Sítio:


- Nas férias de julho de 1983, Daniele apareceu nas telas dos cinemas ao lado dos Trapalhões (e também de Regina Duarte, Bruna Lombardi, Tânia Alves, Nélson Xavier entre outros) no filme “O Cangaceiro Trabalhão”. Ela interpretava a menina Expedita, filha do cangaceiro-chefe chamado de “Capitão” (Nélson Xavier).

- Em maio de 1984 Daniele protagonizou ao lado de Ney Latorraca e Débora Duarte a mini-série da Globo “Anarquistas Graças a Deus” (que foi feita a partir de um livro de Zélia Gattai em que a escritora conta sua infância e os fatos que marcaram os anos 20 em São Paulo). Daniele interpretava a própria Zélia quando criança (foto ao lado), filha caçula do casal de imigrantes italianos.

- Ainda nos anos 80 Daniele saiu da Globo, realizou trabalhos em outras emissoras e estudou teatro em São Paulo.

- Em 1993 Daniele retornou à Rede Globo e esteve na primeira fase da novela das 20 horas “Renascer”, interpretando Julliet (foto ao lado), antagonista da personagem de Patrícia França (Maria Santa, a mocinha da história). Juliete era uma das moças do bordel da Jacutinga (Fernanda Montenegro) e vivia implicando com a “Santinha”.

- Em 1995, Daniele interpretou a personagem Deolinda (ao lado, a direita) no remake da novela “Irmãos Coragem” (protagonizado por Marcos Palmeira e Letícia Sabatella), exibido às 18 horas.

- Ainda nos anos 90, Daniele foi apresentadora de um programa numa emissora de TV paulista, chamado "Arroz, Feijão e Cultura" e após entrevistar o Mestre da União do Vegetal, se interessou tanto pelo assunto que lançou o livro “Mistérios e encantos da Oaska”, de 1998, se tornando também escritora. Ela lançou também um DVD intitulado “Danielle Rodrigues e a Oaska”, sobre este assunto contendo depoimentos e trechos da entrevista.

Atualmente Daniele dá aulas de interpretação em Fortaleza/CE e vem retomando sua carreira de atriz. Ela está fazendo parte de um projeto de incentivo a leitura nas escolas chamado Inconto Marcado, com o espetáculo "Conto de Fadas e Meninos" que tem sido apresentado em estados como Ceará e Tocantins.

IZABELLA BICALHO
Depois do Sítio:
 
- Em 1985 Izabela teve uma participação na novela das 20 horas “Roque Santeiro”: quando a viúva Porcina (Regina Duarte) se lembrava dos tempos em que fora muito pobre e ela com sua família tiveram que comer um lagarto para matar a fome, foi Izabela que apareceu como a Porcina adolescente (foto ao lado).

- Em 1986, Izabela participou da mini-série “Anos Dourados”, (protagonizada por Malu Mader e Felipe Camargo), interpretando a personagem Solange.

- Em 1989 Izabela esteve na novela de época das 18 horas “Pacto de Sangue”, vivendo Mercedes, a esposa de Alfredo (André Valli, que vivera o Visconde de Sabugosa no Sítio).

- Em 1994 Izabela participou da mini-série “Memorial de Maria Moura”, protagonizada por Glória Pires. Sua personagem (Berenice) esteve pouco na mini-série porque foi assassinada.

- Em 1995 Izabela participou da novela das 18 horas “História de Amor”, vivendo Elizete (foto ao lado), a empregada de Paula (Carolina Ferraz).

- Em setembro de 1996 Izabela participou do episódio “Vidas Partidas” do programa “Você Decide”, interpretando uma professora.



- Depois de um longo tempo longe das novelas e séries de TV, em 2008 Izabela atuou na novela das 18 horas da Rede Globo "Negócio da China" interpretando a garçonete Zuleica  (foto à direita) e mais recentemente atuou no remake de "TiTiTi", novela das 19 hs.





Izabela há muitos anos vem se dedicando aos trabalhos no teatro e na dublagem. Com a nova versão da peça de teatro-musical “Gota D’água”, protagonizada por ela, Izabela tem mostrado que sabem cantar muitíssimo bem. Atualmente integra o elenco da peça "O Matador de Santas" em cartaz em cidades como Rio de Janeiro e Niterói.


GABRIELA SENRA
Depois do Sítio:

Gabriela fez pontas ou participações pequenas em duas ou três novelas da Rede Globo, inclusive em “Da Cor do Pecado”, de 2004 onde viveu a copeira do Dr. Afonso Lambertini (Lima Duarte). Depois ela afastou-se da carreira artística para dedicar-se à família e à profissão de advogada. Casada, hoje ela assina Gabriela De Cicco.

LARA RODRIGUES
Depois do Sítio:


 - No mesmo ano de 2004 Lara interpretou a personagem Camila em “Malhação”.

- Em 2006 Lara voltou ao Sítio como Samira, a sobrinha do turco Elias.

- Lara  também fez cinema: em 2006 interpretou Bia, a filha dos personagens de Tony Ramos e Glória Pires no filme “Se eu fosse você”.

- Em 2007 Lara trabalhou na novela das 18 horas da Rede Globo “Eterna Magia” ao lado da ex-Emília Isabelle Drumont que fora sua companheira no Sítio. Lara interpretou a personagem Teca (foto àcima, à esquerda).